Uma escolha ideal, quando se trata de fertilizante com sulfato para pecuaristas e agricultores

Obtendo o melhor do Polysulphate

O Polysulphate tem uma série de benefícios chave, que o torna uma escolha ideal, quando se trata de fertilizante com sulfato para pecuaristas e agricultores. Ele oferece uma oportunidade real de obter o potencial máximo de uma vasta gama de cultivos.

O Polysulphate é:

  • Prontamente disponível – já na sua forma solúvel, o sulfato está pronto para uso imediato.
  • Uma nova forma granular de enxofre, oferecendo flexibilidade para adequar a aplicação aos requisitos do campo.
  • Concentrado, tendo assim menor necessidade de espaço para armazenamento e possui rápida disponibilização no solo.
  • Uma fonte de potássio, magnésio e cálcio – como um bônus adicional ao fornecimento do sulfato.
  • Baixo teor de cloreto, sendo apropriado para culturas sensíveis a esse elemento.
  • Seguro ao meio-ambiente, já que tanto sua obtenção como seu uso ocorrem em seu estado natural – sem processamento ou resíduos; sem acidificantes.


Orientação para cultivos anuais

O Polysulphate pode ser aplicado em apenas uma cobertura no início do crescimento na primavera. O objetivo é adequar as necessidades de enxofre às necessidades de nitrogênio da cultura.

Onde as taxas de nitrogênio são variadas, em sistemas agrícolas de precisão, por exemplo, a cobertura de Polysulphate pode ser variada para se adequar as aplicações de nitrogênio.

Cereais e oleaginosas

  • Aplicar como um fertilizante individual no início da safra de primavera.
  • Prontamente disponível, o cultivo irá absorvê-lo junto com o nitrogênio durante a estação de cultivo na primavera.
  • Aplicar à colza para potencializar o rendimento, as sínteses proteicas e de óleo.
  • Aplicar no trigo paramelhor produtividades e para garantir os qualidade das proteínas dos grãos.


Ervilhas

  • Aplicar nas sementeiras ou logo após emergência.
  • Totalmente livre de nitrogênio, levando enxofre facilmente disponívelao cultivo.
  • Utilizados pela planta na fase inicial para suprir o processo de fixação de nitrogênio, que ocorre dentro dos nódulos da raiz, e também para a síntese proteica da planta.


Hortaliças Brassicas

  • As plantações de brassica demonstraram ter uma resposta acima da média.
  • Aplicação de base ou fundação, especialmente em solos leves de alto risco.


Orientações para pecuaristas

Esterco e chorume não podem ser considerados como fontes de sulfato disponível, sendo melhor considera-los como úteis para manter as reservas do solo (ver Enxofre proveniente de esterco e chorume). Portanto, o Polysulphate deve ser aplicado em conformidade com as necessidades de nitrogênio para que o pasto atinja o crescimento ideal ao longo da temporada em uma relação N:S correta.

Pastos sem animais

  • Aplicar após cada corte de silagem para complementar a absorção de Nitrogênio e manter a relação N:S.
  • Em solos mais leves, também pode ser necessária uma aplicação no início da primavera.


Pastos com animais

  • Aplicar após os animais serem removidos durantes sistemas rotacionais.
  • Em regimes de pastoreios fixos, e especialmente em solos mais leves, aplicar bem no início da primavera.


Pastos de trevo

  • Fornece uma carga de enxofre excelente para posterior desenvolvimento do trevo.
  • Aplicar ao longo da estação de cultivo na primavera – o centeio que cresce mais cedo terá absorvido as reservas de enxofre no solo.