Enxofre no Solo e na Planta

O sulfato comporta-se como nitrato no solo.

Na planta, o nitrogênio e o enxofre são componentes estruturais essenciais para formação das proteínas. A deficiência de enxofre reduz severamente o uso eficiente de nitrogênio e limitaa síntese proteíca.

O enxofre somente é absorvido pelas plantas a partir da solução do solo e na forma de sulfato. Como acontece com o nitrato disponível, o enxofre pode ser perdido por lixiviação. Na primavera, a aplicação de fertilizante com sulfato é recomendável para que a planta possa absorvê-lo durante o período de crescimento ativo. O enxofre juntamente com o nitrogênio são altamente necessário para a formação de proteínas, sendo os tempos de absorção pela planta similares.

O sulfato comporta-se como nitrato no solo


Enxofre elementarEnxofre elementar

Enquanto o fertilizante com sulfato está imediatamente disponível para a cultura, o enxofre elementar deve ser convertido em sulfato através da atividade bacteriana no solo antes que se torne disponível. O tempo necessário para esta oxidação é imprevisível, podendo levar muitos meses. Assim, o sulfato exigido pela cultura pode não estar disponível quando necessário.

Síntese proteica

O enxofre exerce uma função muito importante no crescimento das plantas – assim como o nitrogênio é um constituinte essencial de proteínas. Portanto, há uma estreita relação entre as quantidades de nitrogênio e enxofre nos cultivos, com a maioria recebendo até cerca de1kg de enxofre (2.5kg SO3) para cada 12kg de nitrogênio.

ABSORÇÃO DE SO3 POR TRIGO, BATATA E REPOLHO DURANTE A ESTAÇÃO DE CULTIVO
ABSORÇÃO DE SO3 POR TRIGO, BATATA E REPOLHO DURANTE A ESTAÇÃO DE CULTIVO

As plantações de brassicas, tais como as de colza, repolho e couve, exigem muito mais sulfato. Eles precisam de enxofre extra para a produção de glucosinolatos, usados pelas plantas como um mecanismo de defesa.

Uma vez absorvido, ao contrário do nitrogênio, o enxofre não se move contra o fluxo de transpiração e não pode ser translocado a partir das folhas mais velhas, por exemplo, para suprir o crescimento de novas folhas. Portanto, um fornecimento contínuo é necessário no solo para satisfazer todas as necessidades dos cultivos em desenvolvimento.

Sinais de deficiência incluem o amarelecimento das folhas novas ou de ramos novos. Por outro lado, o amarelecimento por deficiência de nitrogênio afeta primeiro as folhas mais velhas.

Colza com deficiência de enxofre também pode apresentar uma cor púrpura e deterioração das folhas jovens, floração atrasada e prolongada, flores de cor pálida e vagens menores e em menor quantidade.