O sulfato está incluído no grupo dos principais fertilizantes destinados às culturas anuais e pastagens

A Necessidade do uso de Enxofre

Atualmente, o sulfato está incluído no grupo dos principais fertilizantes destinados às culturas anuais e pastagens, entretanto a maioria dos solos agrícolas ainda não contam com uma aplicação rotineira desse produto.

O benefício de enxofre é hoje conhecido mundialmente. No Reino Unido, por exemplo, aplicações de sulfato em plantações de trigo no inverno podem elevar o rendimento em até 30%, em alguns casos, e em média até 6%. Nas plantações de brassicas, o benefício é ainda maior e testes demonstram que a colza pode render até 80% a mais no inverno.

Um artigo recente sobre o assunto, chamado Enxofre para cereais e colza, foi publicado no Reino Unido pela HGCA.

% ÁREA DE ALGUMS CULTIVOS DA GRÃ-BRETANHA QUE RECEBEM ENXOFRE
% ÁREA DE ALGUMS CULTIVOS DA GRÃ-BRETANHA QUE RECEBEM ENXOFRE

Apesar desses dados, as aplicações de sulfato nas culturas permanecem baixas. Apenas 42% dos cultivos de cereais recebem aplicações rotineiramente. Na colza, apesar dos benefícios demonstrados, apenas 65% desse cultivo recebe sulfato suficiente. Embora quase todas as culturas se beneficiassem, é possível que essas aplicações tem sido limitadas pela falta de um fertilizante à base de sulfato com bom custo-efetivo e que seja de fácil aplicação.

Historicamente, em países industrializados, os cultivos anuais e pastagens nunca demandaram aplicações de sulfato. A queima de carvão sempre garantiu que enxofre suficiente fosse fornecido via deposição atmosférica.

A regulamentação, no entanto, defende que esse fornecimento é hoje apenas uma fração do que costumava ser. Como resultado, grandes áreas de cultivo sofrem com a deficiência de enxofre, particularmente aquelas com solos mais leves ou que tem baixa pluviosidade.

EMISSÕES DE ENXOFRE (NA FORMA DE SO2) EM ALGUNS PAÍSES DO OESTE EUROPE
UNECE/EMEP, 2010
EMISSÕES DE ENXOFRE (NA FORMA DE SO2) EM ALGUNS PAÍSES DO OESTE<br />EUROPEUUNECE/EMEP, 2010

O Nitrogênio (N) e enxofre (S) são componentes essenciais para formação das proteínas tanto para plantas quanto para animais, hoje em dia o enxofre não se encontra mais facilmente disponível na atmosfera, portanto, a necessidade da aplicação de fertilizante com sulfato vem aumentando, para manter o equilíbrio e garantir o rendimento e a qualidade.

Plantas leguminosas como ervilhas, feijões, soja, alfafa e trevo, fixam o nitrogênio atmosférico, devido à alta eficiencia na fixação do N, mas em relação ao enxofre é necessario à aplicação via solo, assim, certamente passarão a render mais com a aplicação de um fertilizante a base de sulfato.

Este Polysulphate livreto apresenta um fertilizante 4 em 1, o Polysulphate. Este novo produto é extraído de uma mina no Reino Unido, com 48% de SO3, além do K, Mg e Ca é uma nova fonte disponível de S, facilmente acessível ao produtor.